Duelos de Pinot Noir – Corton Grand Cru: La Pousse d'Or Corton Bressandes 2007 versus Vincent Girardin Corton Perrières 2008

Data

Neste segundo “duelo” entre Pinots da Borgonha (veja o primeiro neste link) colocamos frente a frente dois Grands Crus de Corton, localizados na Côte de Beaune: o Corton Bressandes 2007 do Domaine de la Pousse d’Or e o Corton Perrières 2008 de Vincent Girardin.

La Pousse d’Or Corton Bressandes Grand Cru 2007
Elaborado num pequeno vinhedo (menos de 0,5 hectare) de cultivo orgânico e cujas vinhas tem entre 20 e 60 anos de idade, esse Bressandes 2007 demonstrou por quê essa parcela da Côte de Beaune, pródiga em vinhos brancos, merece o status Grand Cru nos tintos que produz. Vinho rico em aromas de frutas vermelhas bem maduras, do legítimo sous bois e com discreto traço de cedro. Paladar carnudo, complexo, com taninos bem firmes e polidos, acidez consistente e um final de boca bastante intenso e sedoso. Um show de elegância!
Vincent Girardin Corton Perrières Grand Cru 2008
Produzido apenas com vinhas velhas (mais de 55 anos) localizadas no centro de Aloxe-Corton, no norte da Côte de Beaune, o Corton Perrières 2008 encontrou no Corton Bressandes um sério desafiante. Apesar de uma ótima performance “solo”, com aromas intensos e típicos de frutas vermelhas frescas, folhas secas e trufas, paladar repleto de taninos finos, sedosos e boa acidez, ele ficou um ou dois passos aquém de seu adversário. Um vinho bem equilibrado e fácil de beber, mas que perde no quesito vibração para o Corton Bressandes.
Como eram danados aqueles monges cistercienses que durante séculos foram identificando e selecionando cada pedacinho dessa terra abençoada que é a Borgonha…

Outros Artigos

Olá, fique mais um pouco. Sou seu Wine Hunter.

Se não encontrou o que realmente procurava, deixe que eu faça isso por você.

Quero te propor a melhor experiência em nosso Marketplace de vinhos!