As boas taças da semana: vinhos para bebericar, degustar ou celebrar!

Data

De R$70 a R$209, três ótimos vinhos para bebericar, degustar ou celebrar…
Os vinhos escolhidos desta semana seguem os mesmos três patamares estabelecidos antes: o primeiro deles é para “bebericar” sem grandes pretensões e focado na melhor relação preço x qualidade (até R$75); o segundo selecionado é para “degustar”, um rótulo mais elaborado e adequado para harmonizar com uma refeição (limitado até R$200); já o terceiro é um  vinho para “celebrar”, aberto apenas em ocasiões especiais como receber um grande amigo, uma data comemorativa ou para escoltar um prato refinado (sem limite de preço, mas sem exageros também…).
Para “bebericar”: Château Gabaron Rosé 2012
Devo confessar que abri esse rosé produzido em Bordeaux sem grandes expectativas, já que a região não é muito pródiga nesse tipo de vinho e ele era feito exclusivamente com Cabernet Sauvignon, mas para minha grata surpresa, ele se revelou uma ótima pedida. Um rosé cheio de frescor, sem aquele toque adocicado que tantas vezes encontramos nesses vinhos, e um paladar bastante equilibrado, com acidez no ponto certo e leve adstringência. Uma delícia! 
Região: Bordeaux (França)
Composição: 100% Cabernet Sauvignon
Preço: R$70,00 (Winelands)
Para “degustar”: Glen Carlou Syrah 2006
Sou fã do inconfundível traço defumado desse vinho que se espelha nos tintos do sul da França. Além dos aromas encantadores, oferece grande expressão gustativa, cheio de frutas negras e um diferenciado toque picante que perdura até o final de boca. Show! 
Região: Paarl (África do Sul)
Composição: 94% Syrah, 5% Mourvèdre e 1% Viognier
Preço: R$113,00 (Decanter) – Disponível na safra 2007
Para “celebrar”: Carlos Pulenta Vistalba Corte A 2005
Aqui está um belo exemplo de tinto argentino que foge daquele estigma de vinho encorpado demais, com taninos muito maduros e uma certa falta de acidez. O Corte A é o rótulo top elaborado pela Carlos Pulenta, um vinho que consegue aliar o caráter robusto, típico dos tintos mendocinos, com uma boa dose de elegância e frescor. Um dos raros rótulos capazes de agradar paladares modernos e tradicionais sem distinção, digno de ser “celebrado” quando for bebido. Assino embaixo! 
Região: Mendoza (Argentina)
Composição: 85% Malbec e 15% Cabernet Sauvignon
Preço: 209,00 (Domno) – Disponível na safra 2010
Semana que vem tem mais!

Outros Artigos

Olá, fique mais um pouco. Sou seu Wine Hunter.

Se não encontrou o que realmente procurava, deixe que eu faça isso por você.

Quero te propor a melhor experiência em nosso Marketplace de vinhos!