As boas taças da semana: Especial Portugal!

Data

De R$64 a R$249, três ótimos vinhos portugueses para bebericar, degustar ou celebrar…

Os vinhos escolhidos para a coluna desta semana foram “garimpados” na feira de vinhos portugueses organizada pela ViniPortugal em Vitória e que também foi realizada em várias cidades brasileiras nas últimas semanas. A seleção dos vinhos mais uma vez segue os três patamares estabelecidos anteriormente: o primeiro vinho é para “bebericar” sem grandes pretensões e focado na melhor relação preço x qualidade (até R$75); o segundo selecionado é para “degustar”, um rótulo mais elaborado e adequado para harmonizar com uma refeição (limitado até R$200); já o terceiro é um  vinho para “celebrar”, aberto apenas em ocasiões especiais como receber um grande amigo, uma data comemorativa ou para escoltar um prato refinado (sem limite de preço, mas sem exageros também…).
Para “bebericar”: Casa Santos Lima Quinta das Setencostas Alenquer 2009
Que bela surpresa esse tinto constituído por castas portuguesas pouco usuais como a Camarate e a Preto Martinho. Um vinho repleto de aromas exóticos e de grande intensidade (alcaçuz, cedro e mix de especiarias), com taninos finos e uma incrível acidez que o torna muito gastronômico. Final prolongado e sedoso. Um dos melhores “best buy” do ano!
Região: Alenquer – Lisboa (Portugal)
Composição: Castelão, Camarate, Tinta Miúda e Preto Martinho
Preço: R$64,00 (Cantu)
Para “degustar”: Roquette et Cazes 2011
Esse irmão mais jovem do Xisto, um dos melhores vinhos do Douro, demonstrou desde o seu lançamento na safra 2006 que tinha grandes pretensões de se destacar entre seus pares. Já na excelente safra 2007 chamou a atenção e foi premiado em diversos eventos pelo mundo. Nesta safra 2011 (também excepcional no Douro) apresentou-se como um vinho carnudo, exuberante, rico em aromas de frutas negras, baunilha e grafite, mas que se destaca mesmo pelo paladar vigoroso, macio e com acidez suficiente para equilibrar perfeitamente o conjunto. Final de boca longo e refinado. Para beber na plenitude em uns cinco anos mais.  
Região: Douro (Portugal)
Composição: 60% Touriga Nacional, 25% Tinta Roriz e 15% Touriga Franca
Preço: R$145 (Qualimpor)
Para “celebrar”: QPA Grande Escolha 2010
Mais um vinho que impressiona de imediato, dono de uma robusta coloração rubi escura e quase impenetrável. Aromas que remetem quase aos de um Porto, alcaçuz, ameixas secas, chocolate amargo e toques de café. Na boca, seu vigor confirma as impressões visuais e aromáticas, dotado de taninos potentes, madeira bem integrada e ótima acidez. Merece uns bons anos de guarda para ser apreciado em seu apogeu. 
Região: Douro (Portugal)
Composição: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca
Preço: R$249 (Vitória Foods)
Semana que vem tem mais!

Outros Artigos

Olá, fique mais um pouco. Sou seu Wine Hunter.

Se não encontrou o que realmente procurava, deixe que eu faça isso por você.

Quero te propor a melhor experiência em nosso Marketplace de vinhos!