Gigante Concha y Toro se rende as vinhas velhas de Cinsault e País do sul do Chile!

Data

A Concha y Toro, a mais poderosa vinícola chilena, proprietária de mais 9.300 hectares de vinhas espalhadas por 9 dos mais importantes vales do país (desde Limarí, no norte, até o Maule, no sul),  segue a corrente da nova viticultura chilena e vai lançar um novo vinho sob o prestigiado rótulo “Marques de Casa Concha”. Ele será elaborado com um blend das castas Cinsault e País, oriundas de vinhas velhas no Maule e no Vale do Itata.  
Marcelo Papa, enólogo-chefe da Concha y Toro, disse que depois de mais de uma década de foco nos climas frios e costeiros de Casablanca e Limarí, a CyT está buscando investir cada vez mais nas zonas mais ao sul, especialmente no Maule, onde existe um verdadeiro tesouro sob a forma de vinhas velhas.
O mais atual mapa vinícola do Chile
Para esse novo Marques de Casa Concha, por exemplo, serão usadas vinhas de País com cerca de 100 anos de idade vindas de Cauquenes (Maule) e de Cinsault com 50 anos de idade, plantadas mais ao sul, no Vale do Itata.
O vinho vai usar o método de maceração carbônica, típica de Beaujolais, para ambas as castas, visando obter um vinho leve, frutado, com “civilizados” 12,5% de álcool e conterá 2/3 de País e 1/3 de Cinsault. A produção inicial deve oscilar entre 300 e 500 caixas, podendo crescer de acordo com a receptividade do mercado. Promete ser um sucesso…
Fonte: The Drinks Business

Outros Artigos

Olá, fique mais um pouco. Sou seu Wine Hunter.

Se não encontrou o que realmente procurava, deixe que eu faça isso por você.

Quero te propor a melhor experiência em nosso Marketplace de vinhos!