As previsões sobre o mundo do vinho em 2014 segundo Robert Parker!

Data

Apesar de uma certa queda recente em seu prestígio, o americano Robert Parker ainda figura neste início de 2014, como um dos mais célebres “gurus” do mundo do vinho, afinal de contas são mais de 30 anos ditando os rumos, voluntariamente ou não, para muitos produtores e consumidores de vinho.
Neste início de ano, através do twitter, Robert Parker divulgou um conjunto de previsões sobre o quê deveremos ver de novo no mundo do vinhos, seja na reação dos consumidores diante deles ou no destaque que certos vinhos deverão passar a receber. Leia a seguir as “profecias” de Parker e, ao final de 2014, descubra se elas realmente se concretizaram… 
1) Haverá maior resistência do consumidor diante dos vinhos muito caros produzidos em safras medíocres (uma realidade para boa parte da Europa nos anos de 2011, 2012 e 2013).
2) Grande lucratividade nos vinhos da Califórnia, cujas safras de 2012 e 2013 foram gloriosas, tanto em qualidade, quanto em quantidade.
3) O “golpe” de marketing por trás de alguns vinhos ditos “naturais” ou “autênticos” será exposto como uma fraude (a maioria dos grandes vinhos não têm aditivos).
4) A Argentina vai continuar a produzir excelentes tintos feitos com Malbec e brancos “crocantes” com Torrontés.
5) A Espanha, o Sul da Itália e França vão dominar o ranking dos vinhos de alta qualidade até US$20.
6) Os amantes da Pinot Noir vão ficar alucinados com os vinhos do Oregon da safra 2012 e da Califórnia (safras 2012 e 2013).
7) O vinho continuará a ficar cada vez menos elitizado, até o dia em que eles irão suplantar os insuportáveis esnobes do gênero.
8) As fraudes existentes nos grandes vinhos que chegam aos leilões vão atingir em cheio grandes casas do ramo, que durante muito tempo fizeram vista grossa para vinhos suspeitos.
9) O sistema Coravin de preservação de vinhos vai mudar profundamente a nossa maneira de beber os vinhos raros e de produção limitada.
10) Os governos finalmente irão exigir que todos os rótulos de vinho revelem o teor calórico e ingredientes nele contidos.
11) Os bloggers de vinho vão continuar a reclamar sobre sua incapacidade de rentabilizar os seus sites e ganhar o devido respeito (uma grande brincadeira com todos nós…).
12) As vinícolas do leste e do “Mid-Atlantic” americano irão atingir seus consumidores apoiados na força da safra 2012 e em sua contínua busca por novas “experiências”.
13) Cada vez mais bistrôs e “trattorias” de alta qualidade irão aceitar que seus clientes tragam seu próprio vinho, como uma reação ao alto preço e as margens excessivas cobradas pela maioria dos restaurantes mais renomados.
14) A procura por espumantes como o Prosecco e a Cava vão corroer boa parte do lucro e do glamour relegado apenas aos Champagnes.

Outros Artigos

Olá, fique mais um pouco. Sou seu Wine Hunter.

Se não encontrou o que realmente procurava, deixe que eu faça isso por você.

Quero te propor a melhor experiência em nosso Marketplace de vinhos!