Direto da Adega: Château Musar Rouge 2003, o grande clássico do Líbano!

Data

Pode haver até alguém que discorde dessa afirmação, mas para mim, o Château Musar é o melhor vinho produzido no Líbano. Apesar de só ter sido “descoberto” pelo consumidores ocidentais no final da década de 1970, ele pode ser alçado ao seleto clube dos melhores vinhos de todo o mundo.

Elaborado com um corte absolutamente singular (Cabernet Sauvignon, Cinsault e Carignan), o Musar tinto amadurece cada varietal separadamente por 9 meses em tanques de cimento e mais um ano em barricas novas de carvalho francês, reunindo-as para o blend final que repousa mais 6 meses nos tanques de cimento, de onde, finalmente, seguem para as garrafas que irão repousar nas adegas da vinícola.

Impressões de degustação:
Esse incrível tinto, um misto de “Bordeaux com Rhône”, exibiu uma coloração rubi escura, quase impenetrável e cheia de juventude, mesmo já atingindo quase 10 anos de vida. No olfato, ele ofereceu uma extensa paleta de aromas complexos e refinados (couro, tabaco, defumados e chá mate) que se mesclam aos ricos aromas de frutas negras maduras (ameixas, cerejas e figos). Na boca, essas frutas resultam num vinho de textura rica e elegante, com taninos polidos e acidez mais que perfeita. Apesar de sua grande potência e corpo (14% de álcool), o Musar se apresentou com um equilíbrio magnífico, prometendo uma longevidade acima da média. Final de boca sedutor, “arisco” e de longa duração. Soberbo!
Importado pela Mistral (US$99,90 ~ R$197). Avaliação: 95B.

Outros Artigos

Olá, fique mais um pouco. Sou seu Wine Hunter.

Se não encontrou o que realmente procurava, deixe que eu faça isso por você.

Quero te propor a melhor experiência em nosso Marketplace de vinhos!