Achei pouco… O vândalo que destruiu 6 safras do Brunello Soldera Case Basse é condenado!

Data

A cena do crime…
No dia 2 de dezembro do ano passado, 62,6 mil litros de um dos melhores vinhos da Toscana, o Brunello di Montalcino Soldera Case Basse, foram perdidos após a abertura criminosa das torneiras dos barris onde eles estavam amadurecendo. O vândalo abriu as válvulas de 10 barris, destruindo para sempre os vinhos das últimas seis safras do produtor: 2007, 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012, causando um prejuízo estimado em 10 milhões de euros.
Capturado, o “assassino de Brunellos” Andrea di Gisi, foi condenado por um tribunal de Siena, na Toscana, com quatro anos de prisão (achei pouco…), dois anos a menos do que o promotor havia solicitado.
Durante o anúncio da prisão do vândalo, o proprietário da vinícola, Gianfranco Soldera, também disse que estava renunciando a sua participação no Conzorcio do Brunello di Montalcino.
2004: uma das última safras lançadas no mercado…
As safras do Brunello Case Basse que foram destruídas agora se tornarão ainda mais raras e caras, já que apenas alguns pequenos barris de cada safra sobreviveram ao ataque.
Após ter interrompido a venda de seu vinho logo depois do ataque em dezembro, numa tentativa de evitar especulações nos preços, Gianfranco Soldera recomeçará a vender seus vinhos novos no final deste mês.
Fonte: The db

Outros Artigos

Olá, fique mais um pouco. Sou seu Wine Hunter.

Se não encontrou o que realmente procurava, deixe que eu faça isso por você.

Quero te propor a melhor experiência em nosso Marketplace de vinhos!